Outros 40 pacientes em estado grave são tratados com cloriquina e hidroxicloriquina em unidades hospitalares.


Hospital Leonardo da Vinci, em Fortaleza, recebe exclusivamente pacientes com a Covid-19. — Foto: Fátima Holanda/Divulgação 

    Com 185 casos de coronavírus, de acordo com o boletim divulgado nesta terça-feira (24) pela Secretaria de Estadual da Saúde (Sesa), o Ceará tem 40 pessoas internadas por conta da doença, 10 delas estão em Unidades de Terapia Intensiva em estado grave e duas já foram curadas. As informações são do titular da pasta estadual, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho. 
    O secretário ressalta que os dois pacientes que obtiveram resposta positiva ao tratamento são idosos, com mais de 80 anos e apresentaram boa evolução. 
    "Cerca de 8 [dos 10] estão em ventilação assistida e com quadros mais complexos, alguns deles já melhorando. A gente tem monitorado diariamente todos eles. Estamos identificando o perfil dessas pessoas, de onde eles vieram, que contato eles tiveram, que comorbidade eles tiveram", afirmou em entrevista ao G1.
    "A maioria é do sexo masculino, com mais de 60 anos e, geralmente, tem doença associada, uma prevalência de diabetes. Além disso, cerca de 80% dos casos são moradores dos bairros Meireles, Papicu, Aldeota e Varjota". 
    Os pacientes que estão em estado de saúde moderado a grave estão sendo tratados com a hidroxicloriquina e a cloriquina, substâncias usadas para o tratamento de doenças como a malária e o lúpus, conforme divulgado no domingo (22) sobre o início dos testes com as medicações em hospitais do Ceará. A azitromicina também está sendo usada no tratamento, assim como outras substâncias que estão sendo estudadas pelos profissionais da saúde. 


fonte:G1



Deixe seu Comentário