Para tentar conter a transmissão do coronavírus, o Governador Camilo Santana informou, nesta quinta-feira (19), que todos os estabelecimentos do estado devem fechar, com exceção de serviços essenciais, como farmácias, hospitais, clínicas veterinárias e supermercados.

    A partir de amanhã, a medida já vai entrar em vigor e permanece até o dia 29 de março. Com isso, bares, feiras livres, restaurantes, lanchonetes, templos, igrejas, barracas de praia, shoppings centers, museus, cinemas e academias devem permanecer fechados.

    De acordo com a Secretaria de Saúde, o número de casos confirmados do novo coronavírus no Ceará subiu para 24.

    Os serviços de transporte intermunicipais também ficam interrompidos, de acordo com Camilo, a partir da segunda-feira (23). Outra medida tomada pelo governador foi a prorrogação do ponto facultativo, para servidores públicos, até o dia 27 de março. Os serviços de metrô ficam suspensos em Fortaleza e no interior do estado. Camilo também anunciou o fechamento de indústrias durante o período de isolamento.
Além disso, Camilo também anunciou a criação de barreiras nas divisas do Ceará com outros estados, para fiscalização sanitária. As medidas foram anunciadas em uma live na rede social do governador.

Fonte:radioatlantisfm.com